Vida na natureza: 5 benefícios que mostram por que essa ideia vai melhorar sua saúde e seu humor

Publicado em: 14/05/2021 | Última modificação em 27/05/2021

A vida na natureza sempre foi algo fundamental para a publicitária Jéssica Silvestre. Sentir a conexão com o verde e o ar puro vindo da floresta é a forma que ela encontrou para recarregar as energias e alcançar serenidade para corpo e mente. 

Vida na natureza

Vista aérea da região de Arboville, que contempla um novo jeito de viver alinhado ao que pessoas ao redor do mundo têm feito: viver mais próximo ao verde, com infraestrutura para fácil acesso aos serviços das cidades

Foi essa conexão que a levou para o Floradas Arboville, condomínio onde mora há pouco mais de 10 meses. Cercado por uma natureza exuberante, o empreendimento proporciona contato direto com maciços de Mata Atlântica, que podem ser vistos da sacada dos apartamentos. 

Desde que se mudou para o empreendimento, a publicitária incluiu na rotina caminhadas que acontecem dentro e fora do condomínio, aproveitando as trilhas em Arboville. 

A mesma oportunidade está aberta para novos clientes com o Alvoradas Arboville. Já conhece? O condomínio-clube no meio da natureza acabou de ser lançado com o melhor custo-benefício da região. 

Leia mais: Empreendimento da Terra Simão em Jacareí nasce conectado às novas tendências de qualidade de vida

Vida na natureza

Vida na natureza

A publicitária Jéssica Silvestre tem um caso de amor com a paisagem de Arboville: ‘a beleza desse lugar me acalma’

“É incrível caminhar e correr dentro do condomínio. É relaxante e o lugar é enorme! O paisagismo está cada dia mais lindo, além de toda beleza natural que temos em volta. Há lugares lindos e trilhas fantásticas bem ao lado de casa”, conta. 

Por meio do perfil @meuapenomato, Jéssica divide suas experiências no novo apê com os seguidores. Com uma dica de decoração aqui e uma receitinha vegana acolá, o assunto que domina seu conteúdo é a relação próxima que ela mantém com a natureza. 

“Eu tenho um caso sério de amor com a paisagem daqui. Foi algo que me encantou logo de cara quando vim conhecer o empreendimento. Por todos os lados é lindo! Tem muita natureza, muito verde, muitos passarinhos cantando, um pôr do sol maravilhoso, além de um ar bem mais puro. No dia da visita, tive certeza de que queria morar de frente para as montanhas, pois contemplar a natureza me traz uma paz enorme! Sempre fui muito agitada e ansiosa, e a beleza desse lugar me acalma.”

Benefícios de morar perto da natureza

Assim como Jéssica, pessoas ao redor do mundo já perceberam que a vida na natureza é fundamental para se manter em equilíbrio e acrescentar mais vida ao cotidiano. 

Saúde física e mental

Essa é uma tendência que traz melhorias comprovadas para a saúde física e mental dos moradores. Um estudo realizado pela Universidade de Harvard, em parceria com o Brigham and Women’s Hospital, mostra benefícios diretos na qualidade de vida. 

Após entrevistar mais de 108 mil mulheres, a pesquisa descobriu que a taxa de mortalidade daquelas que viviam em áreas mais verdes era 12% mais baixa. Os riscos de mortalidade por doenças renais diminuíram 41% e por doenças respiratórias, 13%.

Na pesquisa, os especialistas sugerem que entre os fatores que reduzem a mortalidade está a manutenção de uma boa saúde mental, que eles estimam ser responsável por 30% da melhora na saúde de viver em áreas mais verdes. 

Existem diversos motivos que explicam essa conclusão, mas um deles é bastante claro: na loucura dos grandes centros urbanos, com uma grande quantidade de estímulos e informações, existe uma conexão menos profunda com as situações do dia a dia. O contato com a natureza faz o inverso, ao nos reconectar com mais entrega e presença às experiências cotidianas.

Vida na natureza

Foto: Emma Simpson/Unsplash

Reduz o estresse

O contato com o verde é tão importante que no Japão existe um conceito chamado “banho de floresta” (em japonês, shinrin-yoku), que estimula as pessoas a passarem momentos dentro da mata para relaxar. 

Um estudo conduzido na Universidade de Chiba, e publicado em 2010 no periódico Environmental Health and Preventive Medicine, mostra que a prática reduz os níveis de cortisol (hormônio do estresse), além de colaborar com uma frequência mais saudável da pulsação e da pressão arterial.

Adia a menopausa

A redução nos níveis de cortisol por causa do contato com a natureza também é um aliado para as mulheres. Pesquisadores descobriram que mulheres que vivem em áreas com maior quantidade de espaços verdes tendem a entrar na menopausa até 16 meses depois da idade média – que é de 50 anos. A conclusão é de um estudo publicado na revista Environment International

Memória e concentração

Outra pesquisa, conduzida pela Universidade de Michigan, descobriu que o contato com a natureza melhora a capacidade de concentração e de memória. 

No trabalho, os pesquisadores fizeram testes de memorização com dois grupos de estudantes e, em seguida, encaminharam um deles para uma caminhada em regiões arborizadas, enquanto o outro deu um passeio por uma área urbana. Depois, reaplicaram o teste: o grupo que teve contato com a natureza mostrou um aumento de 20% na eficácia da prova, enquanto a turma que ficou na cidade não apresentou melhoras significativas.

Outro estudo testou a habilidade de concentração de três grupos, que estiveram em diferentes situações: um deles passou alguns dias ao ar livre; outro concentrou suas atividades em terreno urbano; e o terceiro manteve suas tarefas do dia a dia. Sabe quem demonstrou estar mais focado? Isso mesmo: aqueles que tiveram contato com a natureza. 

A relação próxima com o meio ambiente também é especial para as crianças. Pesquisa da Universidade de Illinois mostra que crianças com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade tiveram um aumento na capacidade de concentração após 20 minutos de caminhada.

Vitamina D e combate à depressão

Vida na natureza

Lago na região de Arboville

Uma pequena dose de natureza por dia, algo em torno de 30 minutos, já pode ser suficiente para ajudar na qualidade de vida. Um estudo publicado pela revista Nature em 2016 aponta que a quantidade de tempo na natureza pode ser um aliado e tanto contra a depressão e a hipertensão arterial, por exemplo. O estudo percebeu que cerca de 7% dos casos de depressão e 9% dos casos de hipertensão arterial poderiam ser prevenidos com a visita semanal a espaços de natureza por ao menos 30 minutos. 

O contato com o sol na natureza também ativa a vitamina D no organismo, o que ajuda com melhor absorção de cálcio, além de ajudar na produção de melatonina (hormônio responsável por regular o relógio biológico), diminuindo casos de insônia e ajudando na consistência do bom humor.

Alvoradas Arboville: uma vida na natureza

Localizado a apenas 15 minutos do centro de São José e a cinco minutos de Jacareí, o Alvoradas Arboville oferece uma experiência de exclusividade e sossego. O acesso é facilitado pela proximidade à Via Dutra, por meio da estrada municipal Abade Biagino Chieffi. 

O local tem vista privilegiada para quatro maciços de Mata Atlântica, além do rio Paraíba do Sul. A conexão com a natureza é ideal para quem gosta de práticas esportivas ao ar livre, como trilhas de mountain bike, caminhadas e até mesmo stand up paddle, já que o local é cercado por lagoas. 

Você precisa conhecer o Alvoradas Arboville. A Central de Vendas Arboville fica na Estrada Municipal Abade Biagino Chieffi, 2655, Jacareí (na saída 162 da Dutra). Mais informações: (12) 3959-2162.

Publicado por

Compartilhe

Deixe seu comentário

Os campos com * são obrigatórios

Localização privilegiada

Localizado no coração do Vale do Paraíba. De um lado, Jacareí a 7minutos e do outro São José dos Campos a 12 minutos. Arboville tem um acesso direto à Rodovia Presidente Dutra por meio de uma moderna rotatória. Há poucos minutos dos principais shopping centers, como Vale Sul Shopping, Center Vale Shopping e Colinas Shopping.

Estrada Municipal Abade Biagino Chieffi, 2.655

Saiba mais